Amplia as tuas aulas

Blog de partilha de experiências educativas

As aplicações em cloud serão mais económicas e eficazes?

Recentemente, deparei-me com situações em que alguns alunos afirmavam não ter processador de texto instalado, o que me fez elaborar um breve texto sobre algumas das alternativas que poderiam existir, que disponibilizei num forum que criei recentemente para dar apoio ao alunos em várias matérias hás vezes laterais, mas sempre essenciais ao presente currículo. No caso particular, uma das soluções que propus foi a utilização de aplicações em cloud, apercebendo-me na altura do seu potencial até na sala de aula.

De uma forma simplista, para quem não conhece, uma aplicação em cloud pode funcionar no  browser, como o Internet  Explorer, em que o ficheiro resultante é gravado no servidor, podendo posteriormente ser transferido ou partilhado.

IMG20110128_004

Nas aulas de Educação Pessoal e Social, nas quais se está a fazer um trabalho de pesquisa online, optei por explorar a possibilidade de utilização de aplicações em cloud, em particular recorrendo ao processador de texto incorporado no Windows Live. Tal permite uma gravação imediata de um documento em formato Word, por exemplo, no Skydrive do aluno, assegurando que aquilo que foi feito na aula possa facilmente ser continuado em casa ou em outro local qualquer desde que se possua uma ligação à internet. Até agora, era habitual, durante uma pesquisa, abrir simultaneamente o Browser e o Word, utilizando-se este último para compor a informação que se obtinha na pesquisa conjuntamente com eventuais reflexões feitas pelos alunos. O processo passava por gravar o ficheiro nos formatos tradicionais do Word no computador, procedendo-se ao seu upload para o Skydrive ou então, como alternativas, recorreria-se ao seu envio por email ou à gravação em pen disk.

A possibilidade de produção de um documento Word em Cloud, não só garante o seu armazenamento imediato, como facilita todo o processo de partilha do ficheiro entre os membros do grupo de trabalho, com o resto da turma e com o professor, evitando-se várias procedimentos que tornavam todo o processo mais moroso. Mas existem outras vantagens. Só o Internet Explorer passa a estar aberto o que permite uma rentabilização melhor dos recursos do computador e consequentemente uma maior celeridade no trabalho, além de que estamos a estender o tempo de vida útil do computador, pois este apenas tem que executar o navegador de internet. No que respeita a segurança, o ficheiro é sempre aberto no servidor, que sendo fidedigno, como era o caso, já possui defesas avançadas no que respeita ao combate a vírus e outras moléstias, promovendo um trabalho seguro em que tanto a escola como os alunos ficam com o seu hardware e software mais protegidos. Finalmente, considero ainda uma perspectiva económica na qual um aluno apenas com um navegador da internet e um computador barato consegue elaborar todo um trabalho recorrendo a um navegador da internet, não obstante um processador de texto instalado no computador possuir mais funcionalidades (de momento).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: